Como tudo começou

Tudo tem um começo e um motivo para começar, com o site O FUÁ não foi diferente. Em setembro de 2002 quando o Jeferson e eu, conversando sobre projetos para ganhar alguma grana, chegamos a ideia de comprar uma câmera digital, na fortuna de R$ 690,00 (que realmente era uma grana alta na época) e sair pelas baladas batendo foto e publicando na internet. Com isso ganharíamos dinheiro e patrocinadores que quisessem colocar um banner no site.

A divisão da coisa toda ficou assim, a câmera seria dividida financeiramente igual para os 2 e a mão de obra seria dividida em partes desiguais baseados no que cada um sabia fazer. Fiquei com a tarefa de criar o site e publicar as fotos e o Jeferson com o transporte (já que era o único com veículo) e o serviço de fotógrafo. Ambos teríamos a função de conseguir clientes de publicidade.

Daí em diante foi uma correria pra conseguir empresas e festas onde os organizadores topassem nos deixar entrar de graça pra trabalhar. Chegamos a conseguir cobrir 3 festas noturnas em 3 cidades diferentes (Pitangueiras – SP, Viradouro – SP e Monte Azul Paulista – SP).

Com o passar dos anos o Jeferson saiu, as câmeras foram estragando e novas foram sendo compradas, outros parceiros entraram mas uma coisa é fato, o site ficou conhecido, os fotógrafos também e nos divertimos muito ao longo dos anos. Aí você pergunta, e a grana?

Grana veio, devagar, continuamente mas sempre no limite de pagar as contas, sobrar que é bom? NADA!!!

 

Mas valeu muito a pena iniciar o projeto e deixar um legado pra quem quiser relembrar ou descobrir só agora conhecer o site que colocou a cidade de Pitangueiras e seus habitantes “baladeiros”  na internet pela primeira vez, em um mundo onde na época o extinto Ortkut ainda era notícia nova!